#100

Nua, tamanha graciosidade
As janelas mais vulneráveis do teu ser
Pequenas e castanhas

Compatibilidade vertical
Emparelhamento castanho
O toque mais vulnerável
Penetrar profundo

Aprecio sereno
Obras do acaso
Acessar sem filtros
Sincero, raro

Lindo ver-te
Maturar o verde
Crescer alarde
Maturar a idade

Ver de tu
Ver de mim
Ver de nós
Verdes

Amarrar-se
Amar, arte
Amar, elo
Amarelos

2 comentários:

Aline Mariz disse...

lindo, mago.

Danuta Conrado disse...

Quarenta e oito mais cinquenta e dois :)